Ensaio sobre a cegueira

por Juliana Damazio

 

Sem dúvida “Ensaio sobre a cegueira” foi um dos livros mais impressionantes que li em toda a minha vida. Faz alguns anos que o li, mas até hoje não me controlo ao perceber a demora de algum carro em seguir o sinal que acaba de ficar verde. Penso, ele está cego!, e receio que a cegueira branca atinja a mim também. Saramago desorientou-me de tal maneira que me motivou a escrever meu primeiro trabalho acadêmico, reunindo além do Ensaio uma outra obra sua, “A Caverna“, misturado com um pouco de Platão. Essa história já vai longe, mas ainda hoje tenho Saramago entre os meus escritores do coração.

Estou curiosa para ver o filme, pressentindo desde já que irei gostar. Encontrei no Blog do Tas esse vídeo, que mostra o momento em que Saramago, ao lado de Meirelles, termina de assistir ao filme. Não sei explicar, mas a cena me tocou de uma maneira…

E que ao final do filme eu possa dizer, ainda não estou cega…

 

Anúncios